Continua após a publicidade..

“Janonismo Cultural”: o livro de Janones, Poupe o seu tempo!

Deputado André Janones Revela Práticas Polêmicas e Admite Uso das Fake News em Seu Novo Livro - Uma Onda de Surpresas e Polêmicas

Continua após a publicidade..

Os últimos dias têm sido agitados para o deputado André Janones (Avante/MG). Conhecido por ser um dos líderes da campanha de Luiz Inácio Lula da Silva em 2018, o parlamentar começou bem no final de novembro, lançando seu livro “Janonismo Cultural” em várias livrarias pelo país e na Festa Literária Internacional de Paraty (Flip).

No entanto, a situação mudou drasticamente quando o portal Metrópoles divulgou um áudio de 2019 no qual Janones supostamente pede parte do salário de seus assessores, prática conhecida como “rachadinha”. O ex-assessor Fabrício Ferreira acusa o deputado de cometer peculato. Apesar das acusações, Janones parece não se preocupar com seu passado, já que o livro começa em 2022. Ele menciona brevemente eventos de 2020, quando foi reconhecido nas ruas da Bahia.

Continua após a publicidade..

No livro, Janones admite ter usado notícias falsas durante a campanha eleitoral, mesmo tendo como principal bandeira o combate às fake news e à desinformação. Ele justifica essa atitude como uma retaliação à divulgação de um vídeo no qual um satanista declarava apoio a Lula. Apesar de reconhecer que não sabe se o vídeo foi criado pelo bolsonarismo, ele afirma que a verdade é irrelevante.

Janones nega ter afirmado que Jair Bolsonaro fez algum tipo de pacto, mas sugere que isso poderia ter acontecido, já que o presidente esteve presente em um evento maçônico. Ele incentiva a falta de civilidade ao afirmar que é possível conversar com pessoas que desrespeitam o Supremo Tribunal Federal.

Continua após a publicidade..

O livro também revela momentos em que Janones admitiu ter mentido, como quando espalhou um boato de que Lula acionaria o STF para derrubar o piso salarial da enfermagem, substituindo Lula por Bolsonaro. Ele justifica essas mentiras como retaliações a mentiras espalhadas pelo outro lado sobre José Dirceu. O deputado orgulha-se de ter confundido os bolsonaristas com suas notícias falsas.

A narrativa das fake news e da desinformação se tornou central após a derrota da esquerda em 2018, assim como ocorreu com o Partido Democrata nos Estados Unidos e os defensores do Brexit no Reino Unido. No entanto, parece que as pessoas não precisam ser enganadas para rejeitar determinados candidatos. Suas ideias podem ser suficientes para isso.

Continua após a publicidade..

O livro conta com prefácios de Paula Lavigne e Eduardo Moreira. Lavigne destaca a importância dos memes da direita, reconhecendo o papel de Janones como um excelente comunicador contemporâneo. Moreira, por sua vez, se declara defensor dos direitos dos trabalhadores e elogia Janones por sua contribuição na derrota do fascismo no Brasil.

Janones relata seu apoio a Lula durante a campanha presidencial de 2022. Ele descreve seu encontro com o ex-presidente e expressa sua admiração por ele. O deputado afirma que seu objetivo principal é cumprir seu mandato e não busca cargos no governo.

Continua após a publicidade..

Janones reconhece a importância das redes sociais na campanha eleitoral, destacando o poder das transmissões ao vivo. Ele menciona a falta de audiência nas lives de Lula durante seu governo, mas não oferece uma explicação para isso. O deputado destaca que aprendeu sobre comunicação na prática e dá dicas sobre como criar uma imagem impactante.

O livro revela que Lula relutou em realizar comícios vazios durante a campanha eleitoral. Janones argumentou que as redes sociais eram mais eficazes, permitindo que milhões de pessoas assistissem simultaneamente. O deputado não menciona explicitamente, mas talvez a vitória de Bolsonaro se deva mais à rejeição ao outro candidato do que à aprovação de sua própria imagem desgastada.

Janones dedica um capítulo inteiro a uma história falsa sobre o celular de Gustavo Bebianno, amigo de Bolsonaro. Ele admite que nunca teve acesso ao aparelho, mas usou essa notícia falsa para atormentar a família Bolsonaro. Essa foi apenas mais uma das estratégias utilizadas pelo cabo eleitoral de Lula durante a campanha.

No livro, Janones fala sobre a necessidade de regulamentar as redes sociais para combater as fake news e proteger a democracia. Ele votou a favor da apreciação de urgência do projeto de lei sobre fake news, mas ressalta que não apoia a censura.

O livro de Janones reflete o cinismo político presente na sociedade atual. Muitos cidadãos se tornaram céticos em relação à política, pois os políticos frequentemente não cumprem suas promessas. Janones representa esse cinismo orgulhoso de si mesmo. Seu livro ilustra as razões pelas quais o maquiavelismo se tornou uma palavra maldita, e suas confissões mostram sua disposição em usar qualquer meio para atingir seus objetivos.

André Janones admite que antes das eleições estava imerso na bolha do Facebook e não via valor em ler jornais tradicionais. Essa atitude antielitista é típica de revolucionários. No entanto, as mudanças prometidas pelos revolucionários nem sempre são positivas. O janonismo cultural pode ser apenas uma nova forma de maquiavelismo sem escrúpulos. A única coisa que Janones tem é a esperança de que os fins justifiquem os meios.

Canal no WhatsApp

Receba Notícias em primeira mão!

Participe do nosso Canal pelo WhatsApp

Veja também!

Últimas notícias

EMPRESA CONTRATA ENCARREGADO DE SERVIÇOS DIVERSOS

Continua após a publicidade.. EMPRESA CONTRATA ENCARREGADO DE SERVIÇOS DIVERSOS Continua após...

Últimas notícias

VEJA 180 OPORTUNIDADES DE EMPREGO DO SINE AM PARA ESTA SEXTA-FEIRA (23) 

Continua após a publicidade.. VEJA 180 OPORTUNIDADES DE EMPREGO DO SINE AM...

EmpregosÚltimas notícias

INSS vai chamar mais pessoas aprovadas no concurso público; leia detalhes

Continua após a publicidade.. O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) se...

EmpregosÚltimas notícias

Emprego no Sine: Veja 354 vagas em seleção para esta quinta-feira (22)

Continua após a publicidade.. As agências do Sine em Manaus estão ofertando...

EmpregosÚltimas notícias

Processo seletivo do Senac oferece emprego em Manaus

Continua após a publicidade.. O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) Manaus...

EmpregosÚltimas notícias

Com bolsas de R$1 mil, Caixa inicia inscrição para estágio

Continua após a publicidade..   A Caixa Econômica Federal segue com inscrições...