Continua após a publicidade..

Polícia irrompe navio de Leonardo, Bruno e Marrone em operação de resgate: sequestro e crime chocam o Rio

Continua após a publicidade..

A Polícia Federal está conduzindo uma investigação perturbadora envolvendo o navio Cabaré, que contou com as apresentações dos renomados artistas sertanejos Leonardo, Bruno e Marrone. Segundo informações apuradas pelo jornal O Globo, as autoridades estão apurando suspeitas de sequestro, assédio se*xual, importunação se*xual e tráfico de pessoas relacionadas ao incidente.

De acordo com as informações divulgadas, quatro jovens com idades entre 18 e 21 anos teriam sido vítimas desses crimes durante a viagem realizada no navio Cabaré. As jovens foram resgatadas pela Polícia Federal na última segunda-feira, dia 13 de janeiro, na cidade de Angra dos Reis.

Continua após a publicidade..

As investigações apontam que as vítimas foram contratadas por uma agência para trabalharem como modelos no evento realizado no navio. A Polícia Federal confirmou que as jovens são naturais dos estados de Santa Catarina e São Paulo.

A empresa responsável pela organização do evento e fretamento do navio, a Promoação, esclareceu que os artistas Leonardo, Bruno e Marrone não estão envolvidos no caso. No entanto, as assessorias dos artistas ainda não se pronunciaram oficialmente sobre o assunto até o momento desta publicação.

Continua após a publicidade..

Em nota oficial, a Promoação classificou as denúncias como infundadas e informou que apresentou sua versão dos fatos às autoridades policiais locais. Segundo a empresa, as autoridades entenderam que as acusações não possuem sustentação, inclusive afastando a prisão de qualquer envolvido.

No entanto, a Polícia Federal afirmou que continuará investigando o caso do navio Cabaré devido aos indícios de crimes encontrados. A ausência de prisões em flagrante não exclui a possibilidade de futuras responsabilizações dos envolvidos, ressaltou a polícia.

Continua após a publicidade..

O que aconteceu no navio Cabaré? Segundo relatos das quatro jovens vítimas, elas perceberam que os funcionários do local forneciam bebidas suspeitas contendo substâncias desconhecidas. Além disso, as jovens afirmaram que não tinham permissão para circular pelo navio sem vigilância.

Uma das vítimas conseguiu entrar em contato com sua família, que prontamente acionou a Polícia Federal. As jovens foram encaminhadas ao Instituto Médico-Legal para realização de exames de corpo de delito.

Continua após a publicidade..

A Polícia Federal continuará a investigação minuciosa desse caso, buscando esclarecer todos os detalhes e responsabilidades envolvidas nessa triste situação. Acompanhe nossa cobertura para mais informações sobre esse assunto chocante.

Canal no WhatsApp

Receba Notícias em primeira mão!

Participe do nosso Canal pelo WhatsApp

Veja também!

EmpregosÚltimas notíciasUncategorized

Processo seletivo para vagas de Vendedora em Shopping

Continua após a publicidade.. Olá, gostaríamos de dar algumas informações: Somos apenas...

Últimas notícias

GAIA CONSULTORIA CONTRATA AUXILIAR DE PRODUÇÃO

Continua após a publicidade.. GAIA CONSULTORIA CONTRATA AUXILIAR DE PRODUÇÃO Continua após...

Últimas notícias

IEL Amazonas abre 23 vagas para estágio

Continua após a publicidade.. IEL Amazonas abre 23 vagas para estágio O...

Últimas notícias

Grupo Queiroz inaugura nova loja voltada para o atendimento no atacado

Continua após a publicidade..   Manaus (AM) — O Grupo Queiroz inaugurou...

Últimas notícias

Visteon Brasil recruta candidatos para Estagiário de Engenharia de Produção

Continua após a publicidade.. Visteon Brasil Se você deseja se tornar Estagiário...

Últimas notícias

Sine Manaus oferta 307 vagas de emprego nesta quinta-feira, 29/2

Continua após a publicidade.. Sine Manaus oferta 307 vagas de emprego nesta...

Últimas notícias

A SC Johnson está selecionando profissionais para atuar na área da Manufatura. Confira as Oportunidades!

Continua após a publicidade.. Fábrica SC Johnson OPERADOR TÉCNICO Manufatura Continua após...